Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Caio Blat

Caio Blat

Nomes Alternativos: Caio Blat de Oliveira

1607Número de Fãs

Nascimento: 2 de Junho de 1980 (38 years)

São Paulo, São Paulo - Brasil

Começou sua carreira aos oito anos de idade, fazendo comerciais para a televisão, já acumulando mais de 200 trabalhos em publicidade. O ator conta também com trabalhos expressivos em televisão, no cinema e no teatro.

Seu primeiro trabalho na telinha, foi no seriado da TV Cultura, O Mundo da Lua, de 1991, protagonizado por Antônio Fagundes. Em seguinda, ainda participaria do programa educativo, O Professor, da mesma emissora, antes de transferir-se para o SBT.

Em 1994, faria sua estréia em novelas, ao atuar no remake de Éramos Seis. Nesse mesmo ano, ainda integraria o elenco de mais uma adaptação, As Pupilas do Senhor Reitor.

Após alguns anos sem fazer novela, retorna em Fascinação, de 1998, contracenando pela primeira vez com a atriz Mariana Ximenes.

Em 1999, é contratado pela Rede Globo, para atuar na minissérie Chiquinha Gonzaga. Também nesse ano, faria sua primeira novela na nova casa, Andando nas Nuvens, em papel de destaque, repetindo par romântico com Mariana Ximenes. Os atores ainda trabalhariam juntos no filme Caminho dos Sonhos, que marcou a estréia de ambos nas telonas.

Em 2000, foi incumbido de interpretar o inescrupuloso Bruno de Esplendor, seu primeiro vilão. No ano seguinte, faria seu primeiro protagonista, o anjo Rafael de 'Um Anjo Caiu do Céu.

Em 2002, viveu o jovem arrogante Matheus de Coração de Estudante. Nesse mesmo ano, protagonizou o polêmico filme Cama de Gato, que narra a história de três jovens que, na tentativa de se divertirem a qualquer custo, acabam estuprando e matando uma jovem. No longa, o ator chega a aparecer excitado e de nu frontal.

Em 2003, esteve no elenco do grande sucesso de crítica e público dos cinemas, Carandiru e, em 2004, mostrou versatilidade e sua veia cômica ao interpretar o maquiador Abelardo Sardinha na novela Da Cor do Pecado, especialmente nos momentos que retratava a bizarra relação que tinha com a louca e sensual Tina Sardinha (Karina Bacchi).

Em 2006, integrou o elenco do remake de Sinhá Moça, como o abolicionista Mário. Nesse mesmo ano, atuou em várias produções para o cinema, entre elas: protagonizou o longa Batismo de Sangue, que narra a resistência da Igreja à ditadura militar vigente no Brasil na década de 1960; ao lado dos atores Maria Flor e Alexandre Rodrigues, formou um triângulo amoroso no filme Proibido Proibir, e Baixio das Bestas, em que interpretou o apaixonado Cícero.

Em 2008, voltou a fazer um vilão, na novela Ciranda de Pedra, como Afonso, comparsa da governanta má Frau Herta.

Em 2009, atuou na premiada Caminho das Índias, como o indiano Ravi. Na trama, sua personagem conhece e se apaixona, através da internet, pela brasileira Camila, que resolve abrir mão da sua família e costumes, e mudar-se para a Índia.

Namorou Preta Gil durante algum tempo e foi casado com a cantora lírica Ana Ariel, com quem adotou uma criança. Atualmente, está junto da atriz Maria Ribeiro. É espírita.