Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Liam Neeson

Liam Neeson

Nomes Alternativos: Liam John Neeson

5497Número de Fãs

Nascimento: 7 de Junho de 1952 (64 years)

Falecimento: None

Ballymena - Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Filho de uma família pobre, aos quinze anos já trabalhava como operador de grua ao mesmo tempo que mantinha uma carreira de pugilista amador. Aos 19 anos, partiu para Belfast para tirar o curso de professor. Contudo, em 1976, sentindo-se tentado pela carreira de ator, inscreveu-se numa companhia de teatro de Belfast. Em 1981, enquanto estava em Dublin, o cineasta John Boorman convidou-o para interpretar um pequeno papel em Excalibur de 1981, um filme passado na lendária época do rei Artur. A partir daí, começou a ser presença constante em minisséries televisivas e filmes de baixo orçamento. No filme The Mission (A Missão, de 1986), de Roland Joffé, teve uma pequena participação como padre jesuíta. Captou a atenção dos produtores de Hollywood com um pequeno mas significativo papel de surdo-mudo em Suspect (Sob Suspeita, de 1987).

Os papéis secundários sucediam-se: de diretor de filmes de terror perseguido por Dirty Harry (Clint Eastwood) em The Dead Pool (Na Lista do Assassino, 1988) a um escultor irlandês liberal em The Good Mother (O Preço da Paixão, 1988). O primeiro título de Neeson enquanto protagonista foi um fracasso de bilheteira: Darkman (Vingança Sem Rosto, 1990) foi uma vã tentativa de implantar um super-herói capaz de fazer frente ao sucesso de Batman de 1989. Neeson procurou refúgio nos palcos ingleses, voltando esporadicamente a Hollywood para pequenas participações em filmes como Husbands and Wives (Maridos e Mulheres, 1992) de Woody Allen.

A grande oportunidade de Neeson surgiu quando Steven Spielberg, de visita a Londres, ficou impressionado com o seu talento em palco e com as suas aparências físicas com o personagem do projeto que tinha em mãos. Imediatamente convenceu-o a aceitar o papel de Oskar Schindler, industrial alemão que salvou pouco mais de mil de judeus das garras dos comandantes SS dos campos de concentração em Schindler's List (A Lista de Schindler, 1993). A poderosa interpretação do ator valeu-lhe uma indicação para o Oscar de melhor ator, prêmio que, no entanto, foi parar às mãos de Tom Hanks por Philadelphia (Filadélfia, 1993). Nesse mesmo ano casou com a atriz inglesa Natasha Richardson, com quem contracenou no êxito da Broadway Anna Christie.

Foi casado com a atriz Natasha Richardson entre 3 de julho de 1994 até a sua morte em 18 de março de 2009, quando Richardson sofreu graves ferimentos na cabeça em um acidente de esqui no Resort Monte Tremblante na Província canadense de Quebec. O casal teve dois filhos: Micheál (nascido em 1995) e Daniel (nascido em 1996).

Fumava excessivamente no início de sua carreira, mas conseguiu parar de fumar, quando fez o papel de Hannibal para um filme baseado na série The A-Team (Esquadrão Classe A, no Brasil) Neeson teve reservas para fumar (que é uma característica do personagem Hannibal) no filme por ser um ex-fumante, mas concordou em manter esse traço da personalidade de Hannibal para o filme.

Neeson foi condecorado como cidadão honorário na cidade de Ballymena, mas após revelar ter-se sentido como um "cidadão de segunda classe" por ser católico porquanto crescera naquela cidade, foi acusado por membros do Partido Unionista Democrático e renunciou à honraria.

Neeson continua a praticar e professar o catolicismo, tendo educado os seus filhos como católicos.

Foi nomeado oficial da Ordem do Império Britânico pela rainha Elizabeth II, na Lista de 1999. O Fundo Americano-Irlandês homenageou Liam Neeson com seu Prêmio de Artes Cênicas pela grande distinção que ele trouxe para a Irlanda em seu Jantar de Gala de 2008 em Nova York.