Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Eric Stoltz
164Número de Fãs

Nascimento: 30 de Setembro de 1961 (56 years)

Whittier, Califórnia - Estados Unidos da América

Eric Stoltz é um ator americano, diretor e produtor. Ele é conhecido por interpretar o papel de Rocky Dennis no filme drama biográfico cult ''Marcas do Destino/Mask'', que lhe valeu a nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante.

Na década de 1970, Stoltz se juntou a uma companhia de teatro que executou dez peças no Festival de Edimburgo. Ele voltou para os Estados Unidos em 1979, quando ele entrou na USC como um estudante de drama, mas posteriormente retirou-se para perseguir papéis no cinema e TV. Em 1978, ele foi escalado como Steve Benson na adaptação para a TV de Erma Bombeck, no drama ''The Grass Is Always Greener Over the Septic Tank''.

O diretor Cameron Crowe e Stoltz se tornaram amigos ao fazer o primeiro filme de Stoltz, ''Picardias Estudantis/Fast Times at Ridgemont High'' (1982), em que Crowe escreveu o roteiro e que Stoltz teve um papel ao lado de Sean Penn. O filme virou cult.

Nos anos 80, apareceu como convidado em várias séries como ''James at 15''; ''A New Kind of Family''; ''Os Waltons/The Waltons''; ''Oito é Demais/Eight Is Enough''; ''Duro na Queda/The Fall Guy''; ''St. Elsewhere''; entre outros, nesse meio tempo veio o filme que o tornaria famoso, o belo ''Marcas do Destino'', o filme é baseado na vida e morte precoce de Roy L. "Rocky" Dennis, um rapaz que sofria de diafisária cranio, uma desordem extremamente rara conhecida comumente como lionitis devido aos alargamentos cranianos desfigurantes que ela causa.

Originalmente lançado como Marty McFly para ''De volta para o Futuro/Back to the Future'', no final de 1984, ele foi substituído após cerca de um mês de filmagens, quando Michael J. Fox (primeira escolha do diretor para o papel) concordou em dividir o tempo entre o filme e seu seriado ''Caras & Caretas/Family Ties''. Algumas das imagens originais, onde Stoltz aparece no set, foram usadas mais tarde. Stoltz, foi referenciado em 2010, no episódio de ''Fringe'' intitulado "Peter", quando, em um universo paralelo, um famoso homem de teatro lê "Back to the Future'', estrelado por Eric Stoltz. Continuou fazendo vários filmes, incluindo ''Alguém Muito Especial/Some Kind of Wonderful'' (1987) e ''Primeiro Verão de Amor/Haunted Summer'' no papel do famoso poeta inglês Percy Shelley, onde Stoltz aparece em várias cenas de sexo e nudez.

Durante os anos 90, Stoltz se dividiu entre o palco, o cinema e a televisão, aparecendo em filmes independentes, como ''Pulp Fiction'' (1994), de Quentin Tarantino, esse filme foi emblemático pelo o diálogo eclético, mistura de humor irônico, violência, e o não-linear do enredo, e uma série de alusões cinematográficas e cultura pop, além de ''O Despertar Para a Vida/The Waterdance'' e ''Vida de Solteiro/Singles'', ambos de 1992. Ele também produziu os filmes ''Corpos em Movimento/Corpos em Movimento'' (1993); ''Vem Dormir Comigo/Sleep with Me'' (1994); e ''Mr. Jealousy'' (1997). Ele continuou a aparecer nos palcos de Nova York, tanto na Broadway (The Importance of Being Earnest, The Glass Menagerie, Sly Fox and Our Town) e off-Broadway ( The Importance of Being Earnest , The Glass Menagerie , Sly Fox e Our ​​Town ). Ele foi nomeado para um Tony Award (o Oscar do teatro), como ator coadjuvante por sua performance como George Gibbs em 1989, por ''Our Town''. A realização desta produção foi destaque no Great Performances : Live from Lincoln Center, que recebeu um 1989 indicação ao Emmy. Além do violento e inspirado ''Parceiros do Crime/Killing Zoe'' (1993). Outros sucessos no cinema nessa época foram ''Adoráveis Mulheres/Little Women'' (1994); ''Rob Roy: A Saga de uma Paixão/Rob Roy'' (1995) e ''Jerry Maguire: A Grande Virada/Jerry Maguire '' (1996).

Na televisão, ele teve um papel recorrente como o ex-namorado da personagem de Helen Hunt em ''Mad About You'' ( em cinco episódios, 1994-1998), passou um ano em ''Chicago Hope'' (1994), e fez alguns filmes para televisão, tais como ''O Preço da Liberdade/Inside'' (1996) (dirigido por Arthur Penn ) e ''The Passion of Ayn Rand (1999)'', com Helen Mirren.

Durante a primeira parte da década de 2000, ele estrelou com Gillian Anderson, em ''A Essência da Paixão/The House of Mirth'' (2000), baseado no romance de Edith Wharton. De 2001 a 2002, ele teve um papel recorrente como um professor-poeta Dimitri na série ''Once and Again'', ele dirigiu um episódio da série, em 2002. Em 2004, ele apareceu em ''Efeito Borboleta/The Butterfly Effect'', como um molestador de crianças. No ano seguinte, ele co-estrelou na NBC , o seriado ''Will & Grace'', como interesse amoroso de Grace. Ele foi nomeado para um Emmy pela direção do telefilme ''Meu Ano Horrível!/My Horrible Year!'' (2001). Ele também dirigiu um curta-metragem intitulado ''The Bulls'', bem como o episódio de ''Lei & Ordem'' em 2005, intitulado "Tombstone".
Stoltz desempenhou um serial killer em três episódios da quinta temporada da série ''Grey's Anatomy''. Ele também dirigiu dois episódios da série. Ele se tornou um diretor regular da série ''Glee'', dirigindo um total de 12 episódios.

Em 2011 Stolt, foi elogiado pelo filme ''Fort McCoy''; no papel de um barbeiro que vive um conflito de herança alemã forçado a suprimir seu patriotismo americano depois de se mudar com sua família para a II Guerra Mundial, numa habitação post base militar de um campo de prisioneiros alemães. Ele foi um dos produtores do filme.

Em 2016, dirigiu para o cinema ''Class Rank'' , com Bruce Dern e Skyler Gisondo.